sexta-feira, 2 de maio de 2014

Casa de Missão - Belém


“O coração do homem planeja o seu caminho, mas o Senhor lhe dirige os passos”. (Provérbios 16-9).

Com os corações cheios de vontade de seguir os passos de Jesus Cristo, os vocacionados Márcio Rodrigues (Manaus/AM), Fernando Santos (Mairinque/SP), Jefferson Miranda (José de Freitas/PI) e Antonio Marcos (Venha ver/RN) iniciam seu aspirantado na Casa de Missão OMI de Belém. 

A Casa de Missão teve sua abertura oficial no dia 21 de fevereiro, com a Santa Missa presidida pelo provincial do Brasil, Padre Francisco Rubeaux, OMI, junto com o formador Padre Cleber Lopes e Padre Henrique Leconte, e a companhia agradável do Pe. Gilvan (Pároco da Paróquia São Jorge da Marambaia) e o Padre José Roberto OMI e vários leigos amigos dos Oblatos em Belém. 

Nesse primeiro mês de missão e discernimento, estamos nos aprofundando mais no carisma da congregação e no descobrimento pessoal. Estamos participando do curso da CRB (Conferência dos Religiosos do Brasil) onde estudamos variadas disciplinas e conhecendo outros jovens de outras congregações. Já demos início também aos estudos particulares com a professora de língua portuguesa- professora Conceição Pina- com o intuito de nos prepararmos para os estudos acadêmicos do próximo ano.

Fomos bem recebidos pelas comunidades desta cidade que tem nos apoiado e nos dado a oportunidade de estar mais perto do povo de Deus, em especial às Paróquias da Marambaia – São Jorge – e do Benguí – N.Sra. Rainha da Paz. As pastorais que estamos realizando nas comunidades estão gradativamente sendo desenvolvidas, e em cada família visitada encontramos um povo esperançoso, humilde e acolhedor, que acredita no amor e na misericórdia de Deus. 

Nos primeiros dias aqui em Belém, tivemos palestras para conhecer mais a cidade em seu aspecto geográfico, cultural e religioso. As primeiras missões realizadas pelos missionários oblatos aqui em Belém ainda são muito marcantes, pois os trabalhos feitos pelos oblatos contribuíram para formação de algumas comunidades aqui existentes. 

Com a ajuda e o desempenho dos formadores, padre Cleber Lopes e padre Henrique Leconte, nós, aspirantes, aos poucos vamos descobrindo nossa vocação para assim contribuirmos para a construção do Reino de Deus.

Motivados pelo desejo de nosso fundador, Santo Eugênio de Mazenod, de sempre praticar a caridade entre nós e anunciar a Boa Nova entre  irmãos e irmãs, estamos alegres e otimistas de que nossa missão e discernimento aqui em Belém será muito satisfatória e ajudará as comunidades a crescerem na fé e na fraternidade. 

Que a virgem Maria mãe de Deus esteja conosco, mostrando-nos nossas limitações e potencialidades, para assim realizarmos um bom discernimento vocacional.
Louvado seja nosso Senhor Jesus Cristo e Maria Imaculada!
  
 Márcio Rodrigues Xavier